quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Literatura Contemporânea

Ela seduz com quatro ou cinco linhas no máximo, sem nem perceber.
Sem cor, sem cheiro, sem som.

Você pisca e já gosta.

3 comentários:

  1. Versos singelos, pontuais, sinceros; felicidade, travessia.

    Mudança é vereda em que um se permite descansar enquanto o deserto em torno queima;
    resiliente escape em meio a um mundo de caos.

    Mudança é esperança nova, construção sólida onde o que há é desordem,

    é fugaz alegoria de segurança, escondida em tintas de incerteza.

    ResponderExcluir
  2. auto propaganda?
    Inteligente, diria.

    ResponderExcluir
  3. É a alma do negócio.

    ResponderExcluir